por Frederico Carvalho | 6 de Novembro 2020

A melhor informação da semana

a sua newsletter preferida de marketing & economia digital

Como está a sentir-se hoje? 
Acordou com um sentimento de ansiedade e inseguro quanto ao futuro?
Além da pandemia, racismo sistémico, crises económicas e outros desafios globais, a longa e polarizadora eleição dos EUA está finalmente a chegar ao fim.

Isso explica porque é que cerca de 77% da população diz que o “futuro da nação” é uma fonte significativa de stress, refere estudo da Harvard Business Review.

Achei tão interessante que partilho o Guia com algumas práticas fáceis e divertidas para espreitar, quando o mundo parece difícil de lidar.
Ler mais >

O Decreto-Lei n.º 94-A/2020, de 03/11 (publicado em suplemento), vem tornar obrigatório o teletrabalho para todas as empresas. 

                                                         Artigo 5.º-A
                                                         Teletrabalho

1 – É obrigatória a adoção do regime de teletrabalho, independentemente do vínculo laboral, sempre que as funções em causa o permitam e o trabalhador disponha de condições para as exercer, sem necessidade de acordo escrito entre o empregador e o trabalhador.
Ler mais >

O Facebook, Google, Twitter são alguns dos nossos “guardiões” da informação. A forma como estes guardiões exercem o seu poder é uma zona cinzenta.

Na quarta-feira, Trump disse que a eleição estava a ser roubada e declarou a vitória antes de todos os votos dos americanos serem contados.

O Twitter e o Facebook aplicaram relativamente depressa etiquetas de aviso às mensagens do Sr. Trump com as suas falsas alegações, tal e qual o pré-aviso de que o fariam, acrescentando contexto e evitando amplificar a sua mensagem. 

O funcionamento da web tal como a conhecemos sempre foi o resultado das escolhas em constante mudança das empresas. A Internet dá a todos uma voz, mas as empresas de Internet decidem quais são as vozes que são ouvidas e quais as que são prioritárias. Há vários anos que têm intensificado esta prática de censur… “selecão”.

Uma coisa boa deste ano é que houve uma ênfase à forma como as grandes empresas de tecnologia usam os nossos dados, por isso dispensamos a ficção de que a navegação online é “neutra” ou acontece por acaso.

Os hábitos de consumo de 45% dos portugueses sofreram alterações durante a pandemia. Mais de metade dos inquiridos revela ter feito mais compras online nos últimos seis meses, sendo que 31% afirma que as novas práticas vieram para ficar.


Esta alteração de hábitos, por parte dos portugueses, teve especial enfoque nas mulheres e nos mais jovens. Ler mais >

Outra alteração foi no dinheirinho das empresas.

Foi notícia que os CTT caíram 81,1% nos primeiros nove meses deste ano face ao mesmo período de 2019, o que significa, 4,3 milhões de euros. Ler mais >.

Em contraste, pensei na loucura que terá sido para os trabalhadores dos correios americanos o trabalho destas eleições.

60 milhões de pessoas devolveram os boletins de voto antes do dia das eleições.
New York Times destacou os incríveis desafios que os trabalhadores dos Correios dos EUA (USPS) enfrentam para manter a engrenagem da democracia a funcionar.

Hoje…

  • 1772 – O Marquês de Pombal oficializa o ensino primário em Portugal.
  • 1919 – Nasce Sophia de Mello Breyner Andresen, poetisa e escritora portuguesa.
  • 1929 – Morre o pintor Columbano Bordalo Pinheiro.
  • 1975 – Debate televisivo na RTP entre o líder socialista Mário Soares e o secretário-geral do PCP Álvaro Cunhal. Ficou célebre: “Olhe que não, doutor, olhe que não…”.
  • 1989 – Primeira exibição em Portugal do programa infantil Rua Sésamo.
  • 2003 – A sonda espacial norte-americana Voyager 1, lançada 26 anos antes, abandona o sistema solar.
  • 2020 – Biden deverá atingir os 270 delegados do colégio eleitoral para tornar-se oficialmente o candidato vencedor a Presidente Americano. Às 9:20h, tem 264 delegados após garantir Wisconsin, Michigan e Arizona, segundo a agência AP.

Aprenda a produzir a ferramenta de marketing mais importante para qualquer empresa – 📝 um Plano de Marketing.
Este curso online inclui:
✅   6 horas de formação em vídeo on demand;
✅   Documentos de apoio & CheckList;
✅   Acesso em desktop, tablet e mobile;
✅   Certificado de Participação;

Veja também: Curso Intensivo de Marketing Digital  |   Curso de Email Marketing  |   outros >

Esta semana…

Escassez, FOMO e corrida às consolas de videojogos!

A Microsoft e a Sony estão a preparar-se para uma escassez prolongada das suas consolas de próxima geração. 

Cada vez mais dependente do lucrativo setor de jogos, a gigante japonesa Sony lança oficialmente a nova PlayStation 5, a 12 de novembro, dois dias depois da nova Xbox da Microsoft.

Há dois fatores que influenciam o lançamento de uma nova consola: ser a primeira a lançar e a mais barata.

Desde o lançamento do PS1 em 1994, a indústria de jogos tornou-se a maior linha de negócios da Sony, gerando uma boa parte dos lucros e cerca de um terço das vendas, mais do que electrónica ou música. 

Em comparação, para a Microsoft, a indústria de jogos foi responsável por menos de 10% das vendas no ano fiscal encerrado em junho de 2020.

Está em marcha a batalha pela conquista da grande fatia de mercado que é o Natal.
Ler mais >

👇 Deslize para continuar a ler👇

Pára tudo! A maior oferta pública da história foi travada pelos chineses.

A IPO* da Ant Group’s foi interrompida subitamente depois dos reguladores chineses terem convocado Jack Ma. Ler mais > 
 

* (oferta pública inicial é um tipo de oferta pública em que as ações de uma empresa são vendidas ao público em geral numa bolsa de valores pela primeira vez)

O cofundador da Alibaba, Jack Ma, fez comentários críticos sobre o sistema regulador financeiro do país.

A Bolsa de Valores de Xangai cancelou a oferta pública de subscrição (IPO) da Ant Group, prevista para quinta-feira.  

Esperava-se que a estreia pública fosse a maior de sempre, angariando pelo menos 34 mil milhões de dólares.

Que empresa é esta? É uma afiliada do conglomerado chinês Alibaba. 
Ant é uma empresa fintech.

Ler mais >

Outros destaques da semana…

1,8 milhões de utilizadores portugueses no TikTok. 113 milhões no Brasil.

Segundo dados da Azerion, empresa que comercializa a publicidade no Tik Tok em Portugal, a aplicação tem agora 1,8 milhões de utilizadores em Portugal. Sensivelmente o mesmo que o Twitter.

No Brasil, o mercado de crescimento mais rápido para a app são estimados 113 milhões de utilizadores (apenas atrás da Índia).

A fintech PagSeguro brasileira assinou um acordo de parceria com a TikTok, para fornecer soluções financeiras para a app chinesa. A partir de agora, os utilizadores da rede social poderão receber dinheiro em uma conta digital PagBank.

O LinkedIn lança uma nova ferramenta para quem procura emprego..

O LinkedIn atualizou o visual da plataforma, mais “clean”.

 Com isto lançou o ‘Career Explorer’, uma nova ferramenta projetada para ajudar os candidatos a fazerem a transição de carreira.
Ler mais >

Breves…

📌  Foram as primeiras eleições presidenciais americanas para o TikTok. Para quem gosta de marketing político, o New York Times escreveu uma peça interessante com uma perspectiva da gestão de expectativas e troca de informação.
Ler mais >

📌 A Spotify está a testar uma nova funcionalidade que permite aos artistas/editoras promover pistas em sistemas de recomendação e receber uma taxa de royalties mais baixa.
Ler mais >


📌  A Apple irá realizar um evento a 10 de Novembro chamado “One More Thing”. Os observadores técnicos pensam que a empresa irá revelar novos processadores a funcionar nos seus computadores, em vez de manter os da Intel.
Ler mais >